sexta-feira, 7 de julho de 2017

Afrânio/Dormentes PE - Operação Policial e Prisões


Desde as 06 horas da manhã do dia 05/07/2017, equipe de Policiais Civis com lotações nas Delegacias de Afrânio e Dormentes, coordenados pelo Bel. José Renivaldo da Silva realizaram prisões e conduções de nacionais que participaram efetivamente do roubo majorado (crime com aumento de pena) que ocorreu no dia 19/04/2017 na Rod. Estadual PE 635, próximo ao município de Dormentes, local em que dois elementos com arma de grosso calibre subtraíram mediante violência e grave ameaça o veículo SIENA de propriedade de uma professora e ainda privaram a liberdade daquela “seqüestro”, levando – a como refém, sendo necessário aquela em um descuido dos elementos ter aberto a porta do veículo e pulado deste veículo em movimento.

Que o crime ocorrido naquela data gerou uma grande repercussão, pois nada igual aquele crime teria ocorrido na região.

A equipe de Investigação das Delegacias de Afrânio e Dormentes passaram a realizar um trabalho exaustivo investigativo de três meses de intenso esforço até conseguir a completa elucidação do crime, chegando a apontar o planejamento dos elementos, os autores e participantes do crime e o modus operandi.

Naquela data (19/04) os elementos após ter roubado o veículo da professora estavam com o objetivo de realizar vários roubos na região, sendo que iriam inicialmente dirigir ao comércio local e estabelecimentos que giravam muito valor em dinheiro em Dormentes e logo após iriam atuar no comercio local de Afrânio, que após a conduta da professora de ter pulado do veículo, os elementos seguiram para a Barra das Melancias, Afrânio PE, local em que praticaram crime de roubo num comércio e trocaram tiro com um segurança, logo em seguida abandonaram o veículo, devido um intenso trabalho da polícia em captura – los, sendo o veículo Siena localizado no final da tarde do dia 19/04/2017.


Que na manhã do dia 05/07, por volta das 08 h, foram realizadas as primeiras prisões, tendo como alvo dois irmãos FERNANDO DE SÁ SANTOS e FLÁVIO DE SÁ SANTOS, sendo o primeiro um dos autores operacional do crime, sendo um dos elementos que abordou a vítima (professora) com uma espingarda cal. 16 dois canos e o seu irmão foi o primeiro receptador do celular marca Samsung J 7 roubado da professora.


O elemento FERNANDO DE SÁ SANTOS no ano de 2013 foi preso em Delmiro Golveia- AL por pratica de crime de trafico de drogas e o mesmo estava em liberdade provisória usando tornozeleira eletrônica e no intuito de burlar a vigilância do sistema prisional e justiça de Alagoas, rompeu o equipamento, para assim se deslocar sem o devido monitoramento.

Por volta das 10 h, foi localizada uma das armas de fogo (espingarda cal. 16) utilizada no roubo do dia 19/04/2017, esta se encontrava com a cunhada de FERNANDO de nome ANTÔNIA TATIANE DA SILVA LUNAS ALVES, enquanto que a outra arma de fogo (rifle 44) encontra-se na posse de FAGNER, este se encontra foragido e foi o outro autor operacional do crime, foi o parceiro de FERNANDO que abordou a vitima (professora).


Próximo ao meio – dia, foi localizado o aparelho celular Samsung J 7 que estava com o terceiro comprador, os três serão indiciados por crime de Receptação e o aparelho de som do veículo da professora estava com JOSÉ SERAFIM DA SILVA, sendo este o responsável na organização criminosa para fazer o levantamento da região e apoio logístico, fazendo “O CAVALO”, ou seja, realizando o transporte dos elementos até o local em que ocorreu a abordagem e de pegar – los logo após a empreitada delitiva. 


Veículo de propriedade JOSÉ SERAFIM DA SILVA. Utilizado no transporte dos elementos para realização de empreitada delitiva e de armas de fogo.


Durante o horário noturno foi conduzido a Delegacia de Afrânio a pessoa de PEDRO RODRIGUES que participou do crime, sendo que este era responsável por acomodar em sua propriedade rural os autores operacionais (FERNANDO e FAGNER), inclusive sendo o local que ficou guardada as armas de fogo utilizadas no crime.


A operação deflagrada na data de ontem (05/04) trouxe muitos elementos probatórios para o Inquérito Policial que estava tramitando no máximo de sigilo e inclusive já se encontra em fase conclusiva com indicativo de indiciamento para todos os participantes do crime de roubo majorado ocorrido no dia 19/04/2017.

Todas as informações da Operação foi repassada pela a Equipe de Policiais Civis da 216 e 217 Circunscrições de Polícia Civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário