terça-feira, 12 de junho de 2018

Mulher é presa após usar chumbinho para envenenar e matar dois namorados na Bahia


Foto: Divulgação / SSP-BA

Uma mulher, de 34 anos, foi presa na tarde de segunda-feira (11), em Itabuna, no sul baiano. Wane Brenda Oliveira é acusada de usar chumbinho para matar dois namorados, no período de oito meses em 2017. Segundo a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP-BA), a suspeita é que a acusada matou os ex-companheiros quando teria descoberto a intenção dos parceiros de terminar o relacionamento. Conforme as investigações, nos dois casos, a acusada levou as vítimas até uma unidade de saúde, após efeito do veneno, mas os parceiros não resistiram.

O primeiro caso ocorreu com Edvaldo Araújo Alves, de 40 anos, que namorou com a acusada por um ano. Ele morreu em 16 de abril do ano passado. Após passar mal na casa da namorada, Edvaldo morreu no Hospital de Base de Itabuna e a morte foi atribuída a um infarto fulminante. Conforme a delegada Magda Figueiredo, titular da Delegacia de Homicídios (DH) de Itabuna, a versão não convenceu a família que afirmava que Edvaldo estava insatisfeito com o relacionamento e pretendia romper a relação.

Pouco tempo depois, Wane Brenda começou um relacionamento com Evandro Bonfim de Souza, de 40 anos. Ainda segundo a Polícia, um dia Evandro se sentiu mal e foi levado por Wane Brenda a um hospital. Na unidade de saúde, o médico que atendeu Evandro informou que os sintomas eram semelhantes aos encontrados em Edvaldo. Na internação, que durou nove dias, Wane Brenda fez o papel de acompanhante de Evandro.

No entanto, antes de receber alta, ele sofreu uma parada cardíaca. Ao ser submetido a uma lavagem estomacal foram encontrados vestígios de uma substância semelhante ao veneno. De acordo com a polícia, o estado de saúde de Evandro piorou e no dia 3 de dezembro foi constatada sua morte cerebral. Após inquérito instaurado pela Polícia Civil, foi constatado que os dois homens foram envenenados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário