quinta-feira, 4 de maio de 2017

Araripina PE - Homem preso foi confundido com assaltante

Esclarecimento 

Às 11:21, Desta Quinta, 04/05/2017

Homem preso em Araripina, foi confundido com assaltante

Esclarecimento:

No dia 29 sábado, por volta das 2h00 da manhã, o Pintor Adriano Antônio, tinha ido até um mercado próximo à sua casa, quando na volta foi surpreendido por 4 elementos que anunciaram o assalto, roubaram dois celulares e o agrediram.

Versão de Adriano Antônio

Após ter sido assaltado, fui até à casa de um amigo e pediu a motocicleta dele emprestada, na volta  reconheci os assaltantes que estavam parados em uma calçada e pensei em pedir que devolvessem os celulares, mas como fiquei com medo da reação deles, fui até a minha residência, peguei uma faca e voltou ao local que os assaltantes estavam. Pedi para que eles me devolvessem os celulares, mas disseram que não foram eles que me assaltaram. Logo em seguida começaram a me agredir novamente,  tentei correr, mas um deles começou a gritar pega ladra, fazendo com que alguns populares me segurassem. Relatou Adriano. 

Com a confusão à polícia chegou até ao local e prendeu Adriano, que foi encaminhado juntamente com o rapaz que o acusava para Delegacia de Ouricuri (PE).  Adriano ficou detido e o rapaz foi liberado. Os outros quatros que tinham assaltado Adriano fugiram ao ver a polícia.

No dia seguinte, Adriano foi levado para uma audiência e contou tudo que tinha acontecido para o Juiz, foi dado como inocente e em seguida ele foi liberado.

Adriano é natural do Rio Grande do Sul, da cidade de Tenente Portela, está há 6 meses em Araripina, ele é casado com Sara da Silva, auxiliar de padaria, Adriano é Pintor e já trabalha nesse ramo há 5 anos.

Adriano disse que o único erro dele foi está com uma faca, ele disse que estava com a faca por que ficou com medo e sentiu uma revolta após ser assaltado.

O que Adriano quer é apenas esclarecer para a população que não é bandido, é um cidadão de bem que foi injustiçado.

Coronel Notícias Policiais

Nenhum comentário:

Postar um comentário