sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Notícias 04 de Dezembro 2015

Acidente com Vitimas Fatais Entre Araripina e Serrolândia

Segundo informações, neste acidente, há mortos e feridos sem ainda os relatos do número exato de vitimas. Algumas foram socorridas ao Hospital de Santa Maria da Boa Vista. As últimas informações dão conta de que morreram três pessoas neste acidente. Segue as fotos de duas vitimas. E que residiam no Sítio Cajueiro, município de Araripina. 
 
Via WhatsApp, Vale em Foco


Estamos Felizes, Agora a GEOTEC é nossa Parceira 

NOTA DE ESCLARECIMENTO 

O Grupo GEO TEC TOPOGRAFIA Vem a todos trazer informações sobre o CADASTRO RURAL, Desde agosto de 2015, o INCRA e a Receita Federal iniciaram a integração entre o Sistema Nacional de Cadastro Rural - SNCR e o Cadastro de Imóveis Rurais - CAFIR. Proprietários de imóveis rurais devem ficar atentos aos prazos para efetuar a atualização e a vinculação cadastral de sua área. A Atualização dos dados cadastrais deve ser feita via declaração eletrônica (na Internet) ou na unidade de atendimento do INCRA, sob pena de não conseguir emitir o novo CCIR 2016
O grupo GEO TEC vem fazendo mutirões nas comunidades rurais para fins de realização desse cadastro, qualquer duvida entrar em contato com a UMC (unidade Municipal de Cadastramento) do seu município, ou entrar no site: http://www.cadastrorural.gov.br, avisamos que o cadastro pode ser feito gratuitamente via declaração eletrônica ou na UMC, ou particular com um profissional qualificado.
Contatos: 
Técnico Agrícola: 
FRANCELITO CUNHA – (74) 98809-9617
Eng° Agrônomo: 
GUILHERME MIRANDA – (74) 99197-7951

Preso em Cabrobó por Lesão Corporal e Posse de Droga 


Lesão corporal/ Posse de entorpecente
Por volta das 19:00 foi lavrado um alto de flagrante delito em desfavor do imputado Carlos Cordeiro dos Santos, conforme B.O 1267/2015, na DPC de Cabrobó. 
Equipes
GT Rocam
Cb nascimento
SD Marcelo Soares
Sd Wagner
GT Operações
Sgt Freire
GT 2514
Sgt Santos
Cb Nelson
Sd jeanderson
GT 2517
Sd cleide
Sd jamielson
Via 2ª CIPM / Cabrobó


Prisão no Residencial Brisa da Serra Juazeiro, BA 
Foi preso o casal Edinailton e Cíntia por tráfico de drogas, após ser ouvido o casal foi liberado, segue o vídeo abaixo 
video
Via WhatsApp, Notícias 24 Horas 

Delegado fala Sobre esse crime ocorrido em Casas Nova 

Tragédia em Casa Nova-BA. Briga entre famílias deixa uma pessoa morta e duas feridas

A proibição de um namoro acabou em tragédia no interior de Casa Nova-BA.
Nesta quinta-feira (03.12) por volta das oito horas da noite ocorreu uma tragédia envolvendo quatro pessoas da mesma família no povoado do Junco, a 60 km da sede do município. Sandra Maria Costa Oliveira, 37 anos, (Mãe), Gabriel dos Santos Oliveira (pai), Silvana Oliveira (irmã de Sandra) e Gabriela (filha de Sandra). Foram vítimas de vários disparos de arma de fogo dentro de casa. 

Segundo o delegado da polícia civil de Casa Nova-BA, Dr. Clériston Jambeiro, a proibição do namoro de Gabriela com um rapaz identificado apenas como “Van”  foi o motivo do ataque à família. Ainda de acordo com o delegado, revoltado com a proibição de Sandra, mãe de Gabriela, “Van” pegou uma arma e foi na casa de namorada e saiu atirando pra todo lado. Sandra, mãe de Gabriela, namorada de Van foi atingida e morreu no local. Gabriel, pai da namorada de Van e Silvana, tia da namorada de Van, foram feridos e socorridos para o hospital de Casa Nova-BA e depois transferidos para Juazeiro-BA e Petrolina-PE, mas não correm risco de morte. Gabriel e Silvana serão ouvidos ainda hoje pela polícia. Van fugiu tomando rumo ignorado. Gabriela, a namorada de Van, foi levada para casa de parentes em Juazeiro.

Acidente em Juazeiro Próximo a São Luiz 


Colisão de gol prata com um caminhão em frente ao DETRAN Juazeiro



Menina de 11 anos é Morta pelo Primo por Ciúmes da Namorada 
Uilton da Silva Brandão, foi preso em flagrante e confessou o crime

Camaçari registra mais um crime envolvendo jovens nesta semana. Depois do caso do universitário de 19 anos que tentou assassinar a namorada grávida, a polícia divulgou na tarde de segunda-feira (30), a prisão de um rapaz de 18 anos, acusado de matar a própria prima de 11 anos, com quem tinha um envolvimento amoroso. Segundo a polícia, a menina de 11 anos foi morta a golpes de faca pelo primo e pela namorada dele, uma adolescente de 16 anos no distrito de Barra de Pojuca.
O crime cometido na tarde do último sábado (28), teria sido motivado por ciúmes, já que os três estavam envolvidos em um triângulo amoroso. De acordo com informações passadas pela Polícia Civil, o homicídio foi premeditado. O rapaz, Uilton da Silva Brandão, foi preso em flagrante e confessou o crime. A namorada dele também foi apreendida.
A delegada Aymara Vacanni, da 33ª Delegacia Territorial, que investiga o caso, conta que a vítima foi atraída para um rio pelos dois jovens antes de ser morta. O corpo da menina foi localizado na noite do mesmo dia.

As investigações indicam que o homicídio teria sido arquitetado pela adolescente. "Os três estavam em um triângulo amoroso. Mas a adolescente disse que estava com ciúmes e articulou toda a situação. Ele [o namorado e primo da vítima] concordou", disse a delegada em entrevista ao G1.

"Os dois a atraíram para o rio. Chamaram ela para tomar banho. Ambos premeditaram o crime dois dias antes. No local, eles [os dois suspeitos] já haviam escondido a faca que usariam no homicídio em uma árvore", explica a delegada.

Após chegarem ao local do crime, os três tomaram banho e, em seguida, a adolescente desferiu duas facadas na vítima. Depois, o namorado deu mais facadas na garota.  A delegada Aymara conta ainda que “os dois mataram a menina e ainda tiraram a roupa para simular um estupro".

O rapaz, que não tem antecedentes criminais, permanece preso na 33ª Delegacia. A namorada dele foi levada para a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI) e, depois, apresentada na Promotoria da Infância e Juventude de Camaçari.

O rapaz responderá por homicídio qualificado – quando a vítima não tem condições de defesa – pelo fato de o crime ter sido praticado por mais de uma pessoa e de forma premeditada. Nesses casos, a pena pode chegar a 30 anos de prisão. A polícia esperar concluir o inquérito dentro de 10 dias, com a ajuda de testemunhas. 
Por Camaçari Fatos & Fotos.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário