terça-feira, 21 de julho de 2015

Polícia Federal apreende 100 kg de maconha, 1,7 kg de crack e prende suspeito por tráfico

A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu no final da tarde de ontem, dia (20), 100 kg de maconha e 1,7 kg de crack no Recife. A droga estava escondida nos porta-malas de dois veículos que foram encontrados nas proximidades da estação de metrô do Barro, na Zona Oeste da capital. O suspeito DJAIR MARTINS DE CARVALHO, de 50 anos, natural de Sertânia-PE, foi preso pela Polícia Federal quando desceu de um dos automóveis.

A PF informou que a prisão foi realizada após investigações de rotina da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) indicarem a circulação da droga pela região. Na segunda, policiais federais encontraram o carro suspeito, um Gol cinza com placa de Minas Gerais. O veículo, conduzido pelo suspeito, chegou por volta das 18:00 de segunda na estação de metrô do Barro.

Quando os policiais abordaram o condutor, encontraram dois fardos no porta-malas do veículo. Neles, havia 42 tabletes de maconha e nove invólucros de crack. O motorista ainda revelou que outro carro que estava estacionado ali perto estava sob sua guarda, para conserto. Era um Celta verde com placa do Recife. Os policiais também revistaram este carro e, no porta-malas, encontraram mais 32 tabletes de maconha.

Ao todo, foram apreendidos 74 tabletes de maconha, que juntos pesam 100 kg; além de 1,7kg de crack. De acordo com a PF, seria possível produzir até 6,8 mil pedras de crack com este material. Os dois veículos que transportavam as drogas também foram apreendidos.

O suspeito foi autuado por tráfico de drogas e conduzido para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Se condenado, pode pegar de 5 a 15 anos de reclusão.

Coronel Notícias Policiais

Nenhum comentário:

Postar um comentário