quarta-feira, 8 de julho de 2015

Caldeira explode em fábrica e deixa mortos e feridos no Sertão da Paraíba

Uma caldeira de uma fábrica de alimentos explodiu na manhã desta segunda-feira (06) em Sousa, no Sertão paraibano, e deixou duas pessoas mortas e 13 feridas, de acordo com informações do Hospital Regional de Sousa. Até as 10h30 ainda não havia informação do que provocou o fogo, mas as chamas foram contidas rapidamente.

Os feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Corpo de Bombeiros e levados para Hospital Regional de Sousa.

De acordo com relatório divulgado pelo hospital às 12h45, três feridos estão em estado grave e, por causa da gravidade dos ferimentos, serão transferidos para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Outros quatro pacientes estão em quadro regular, segundo o relatório, e os demais feridos ainda não tinham sido identificados.

Ainda segundo a unidade hospitalar, mais de 50 profissionais trabalharam no socorro às vítimas. "O Hospital Regional de Sousa acionou toda a equipe médica da região para prestar os primeiros atendimentos, além da Rede de Urgência e Emergência do Estado da Paraíba, para dar suporte", explicou a diretora da unidade, Apoliana Ferreira.

O hospital informou ainda que recebe os parentes das vítimas para fazerem a identificação.

Vazamento de óleo: Durante a manhã, o Corpo de Bombeiros fez o resfriamento do local para evitar que ocorra um incêndio. Segundo o tenente do Corpo de Bombeiros Arthur Maia, próximo à caldeira há cerca de 10 tonéis com óleo vegetal e dois deles começaram a ter vazamento com o impacto da explosão, mas não há risco de combustão. (Diário do Nordeste)

Coronel Notícias Policiais

Nenhum comentário:

Postar um comentário