domingo, 28 de junho de 2015

Carnaubeira da Penha: Policiais Militares da 1ªCIPM efetuam prisão por posse ilegal de arma de fogo e possível envolvimento em tentativa de homicídio


Na noite deste sábado, dia (27), por volta das 22:00, Policiais Militares da 1ªCIPM com as equipes Patrulha Rural e Reflorestar de Carnaubeira da Penha tomaram conhecimento de que a João Francisco da Silva, de 29 anos, havia dado entrada no Hospital de Carnaubeira da Penha vitima de disparo de arma de fogo. Foi feito o deslocamento ao local e constatando que a vítima tinha sofrido uma tentativa de homicídio no momento em que chegava em casa, na Fazenda São Gonçalo, onde foi alvejado por um disparo de espingarda soca-soca, efetuado por uma pessoa que não soube informar. 

O efetivo fez deslocamento até o local do crime para colher mais detalhes, onde foram informados por familiares que a única pessoa com quem a vítima teria inimizade seria oJenivan Salustiano Lopes, de 34 anos, vulgo "Tóba", residente na Fazenda Vaca Morta, com quem teria brigado a uns dois meses atrás e sofrido ameaça de morte. Foi feito o deslocamento até a casa de Jenivan, o qual, após ser indagado, negou a autoria do crime, porém confessou que era possuidor de uma espingarda soca-soca que escondia em sua casa. Diante dos fatos, Jenivan recebeu voz de prisão e foi conduzido à presença da vítima a fim de ser efetuado o reconhecimento, porém como já havia sido transferida para cidade de Serra Talhada para receber atendimento médico mais qualificado, a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Floresta, local onde foi autuado em flagrante delito por posse ilegal de arma de fogo e liberado após parar fiança de 1/3 do salário mínimo, sendo ainda aberta Portaria a fim de ser investigada a sua possível participação na tentativa de homicídio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário